Maringá Fujinkai

Associação das Senhoras Nipo-brasileiras de Maringá, fundada em 04 de abril de 1954 significa a participação feminina nas atividades culturais e sociais. Esse departamento tem sido ao longo desses anos uma espécie de espinha dorsal para os treinamentos artísticos, artes culinárias, arranjos florais, danças folclóricas, enfim, presente em todas as atividades da Yamagata, Shimizu, Matsuda, Shima, Abe, Yokoyama, Fugiwara e muitos outros participantes.

A partir de julho/89, Fujinkai passou a denominar-se Fujin-bu (isto é, passou a ser um departamento da Acema).

 

Cerimonial do Chá

Data de 1975 a criação da Associação do Cerimonial do Chá Regional de Maringá, reconhecida em 1987, sendo que em 1983 passou a constituir o departamento de Artes Florais e Cerimonial do Chá da ACEMA, faz parte da Escola Ura-Senke. Houve diversos cursos ministrados pelos professores de renome internacional para os adeptos parcicipantes desse cerimonial.

Destaque para os senhores Suzuki, Yano, Yamamoto, Yoshimura pelos incentivos iniciais.


Casa Cerimonial do Chá

Finalmente, graças ao empenho da Diretoria do Banestado através de seu programa cultural trouxe a exposição sob o tema "OS JAPONESES DO PARANÁ", onde foram destinados recursos para a desejada Casa do Cerimonial do Chá, tornando-se realidade para os simpatizantes desse cerimonial, dando visão tipicamente oriental à entrada da sede.

Por outro, a IKEBANA - arte de arranjos florais, existem desde 1963, faz parte, hoje, do departamento de Artes Florais da ACEMA que a exemplo do cerimonial do Chá faz parte da cultura milenar japonesa trazida pelos imigrantes, perpetuando até nossos dias, difundindo-as inclusive entre outras etnias, pela sua beleza artística.

Claro que existem correntes de estilos diferentes quanto à disposição dessas arranjos, sendo que um dos primeiros estilos incorporados foi a da escola Ikenoboo do Japão. Destaques para os presidentes Yoshimura, Katayama, Kamagai, Yamamoto, Ueta, Matsuda e muitos simpatizantes daquela arte.

 

Canto

Este departamento tornou-se uma constante nos eventos nipo-brasileiro, ultrapassando a divisa estadual para representar o Brasil em outros países como Japão. tanto no estilo MInyô e pop, os cantores desde mirins e adultos têm-se revelado surpreendentes nas apresentações internacionais (existem cantores profissionais saídos desse departamento)
tendo destaque para Mitsuda, Terabe, no Festival Internacional em Tóquio, Japão, abrindo caminhos de sucesso para os demais cantores maringaenses. Estas são algumas das atividades culturais que preservam ao mesmo tempo, as raízes sócio-cultural de origem. Enfim, a ACEMA, como entidade representativa da comunidade nipo-brasileira de Maringá, vem cumprindo ao longo deses anos a função social, cultural e esportiva, objetivando a construir uma sociedade fraterna, solidária e feliz.
 
Grupo Wakadaiko

HISTÓRICO

A origem do grupo Wakadaiko surgiu da necessidade de preservar a tradição do taiko, onde a diretoria tem empenhado para com os integrantes, não só com o objetivo de aprender as batidas nos tambores, mas na preservação da Cultura Japonesa. Em 1999, houve a integração dos jovens, tocando Bom-Odori, no tradicional Festival Nipo - Brasileiro que acontece anualmente no mês de agosto na ACEMA.

 

No festival de 2002 pela primeira vez houve a participação feminina, a partir de então se fez presente nas festas de Obon Odori nos municípios de Paranavaí e Marialva.

No dia 10 de novembro de 2002, se apresentou pela primeira vez como show na cerimônia de encerramento do XIX Campeonato Brasileiro de Beisebol Infantil em Maringá. Foi reconhecido como o grupo de Taiko da ACEMA, com o nome "Wakaido", no dia 21 de fevereiro de 2003, em um show do jantar do 31º. Encontro de Professores da Língua Japonesa do Paraná.

 

O grupo teve oportunidade de fazer apresentações não só em Maringá, mas em outras cidades como: Cambé, Paranavaí, Rôlandia, Curitiba, e também em estados como São Paulo (Presidente Prudente), Santa Catarina (Joinville), Mato Grosso do Sul (Campo Grande), no total de 26 apresentações em 2003.

 
Diretor
Tetsuro Nonose
  Vice-diretora
Junko Mori Kameoka
Supervisor Técnico
Tatsuro Shikamori
  1º Vice-diretor Patrimonial
Juliano de Borba Richter
2º Vice-diretor Patrimonial
Paulo Evangelista de Lima
  1ª Vice-diretora Artística
Suzan Uehara Hasegawa
2ª Vice-diretora Artística
Marilda Favaro Mori
  Secretárias
Priscila M.S.Siraichi
Mari Matsunaka

Secretárias/Avisos
Tiemi Sakurada Lima

  Tesoureiro
João Takase

Social/Relações Públicas
Marisa Mieko Orita Otake Elizabete T.Richter

  Show Musical
Miriam Seiko N. Matsuda
Jane Matiko H. Ashihara
Conselheiro
Shudo Yasunaga
Azuma Ishiruji
Armando Emori
 
       
       
SOBRE LOCALIZAÇÃO VIDA NO JAPÃO CONTATO
ACEMA FESTIVAL NIPO BRASILEIRO DEPARTAMENTOS EVENTOS
ESTRUTURA CULTURA & TAIKO LINKS PORTAL DEKASSEGUI
 
Desenvolvido por Osmarloureiro 2.016 | Reportar Erros ou Melhorias clique aqui.